Moscas Volantes

Moscas volantes são pequenos pontos escuros, manchas, filamentos, círculos ou teias de aranha que parecem mover-se na frente de um ou de ambos os olhos.


São percebidas mais facilmente quando se olha fixamente para uma parede branca. Com o processo natural de envelhecimento, o vítreo, um fluido gelatinoso que preenche o globo ocular, contrai-se, descolando-se da retina em alguns pontos, formando minúsculas partículas proteicas condensadas que flutuam dentro do olho. Nem sempre elas são percebidas, mas quando passam pela linha de visão, as partículas bloqueiam a luz e produzem sombras sobre a retina, onde se forma a imagem: as moscas volantes.


Caso elas não estejam associadas a um problema sério, como rasgos na retina, não é necessário tratamento e, com o passar do tempo, a percepção delas tende a diminuir. Mas se as moscas volantes forem um sintoma de rasgo, este deve ser selado com laser ou crioterapia, a fim de evitar que ele provoque o descolamento da retina, que poderia levar à cegueira.

0 visualização

© 2023. Orgulhosamente criado com @ag.idse7en